domingo, 8 de fevereiro de 2009

Tao Te Ching

Poema 67: As três coisas preciosas

"Dizem os homens que eu sou grande,
Como se eu fosse algo especial.
Grande só é quem nada se importa
Com sua grandeza.
Quem deseja ser grande perante os outros,
Esse é pequeno.

Três palavras me são sagradas:
A primeira é bondade,
A segunda, suficiência,
A terceira, modéstia.
A bondade dá força,
A suficiência alarga a estreiteza,
A modéstia faz do homem um veículo
Para a atuação das forças eternas.

Hoje em dia não é assim.
O homem não conhece mais bondade,
E, ainda sim, se julga forte.
Não tem mais suficiência,
Só reclama seus direitos;
Ninguém sabe ser modesto,
mas só pensa em sucesso.
E isto conduz à ruína.

Quem é realmente bom
Vence na luta
Porque é invencível.
Quando o inimigo avança,
Esse homem é amparado pelo céu."

(tradução de Huberto Rohden)

Gosto muito desse trecho (tradução de Albe Pavese) do Poema 08 também:

"A Bondade Superior é como a água.
A água favorece todas as coisas e não exclui nenhuma.
Permanece nos lugares que todos desprezam."

Outra tradução do trecho inicial do Poema 08 que encontrei na net:

"A virtude verdadeira é como a água
Em silêncio se adapta, ao nível inferior
Que os homens desprezam
Ocupa os lugares mais baixos que os homens detestam.
Acomoda-se onde ninguém quer permanecer.
Serve a todos e a tudo, não exige nada."


Agradecimento especial ao amigo Cássio Ferreira por me mandar o poema 67.

Abraços e tenham uma ótima semana!
Michel

6 comentários:

Roni disse...

Olá Michel, é sempre bom ler seus textos e acompanhar sua trajetória como músico e ser humano. Também é bom saber da sua constância de shows e gravações, principalmente no contexto atual - que você conhece como poucos. Não é fácil conseguir isso na música instrumental. Eu tava um pouco desanimado e querendo deixar a música de lado por um tempo, mas me senti inspirado novamente ao passar aqui no site, assim como aconteceu naquele workshop lá em Registro há uns 10 anos - você foi através do Sílvio, lembra?
Muito som pra todo mundo, é isso aí! Abração.

Roni Santos

Michel disse...

Muito obrigado, Roni!
Manda brasa aí!
Temos que tocar muito, servindo à Música sempre - nosso ego não está com nada...
Abração e muito som,
Michel

susana disse...

e para quando em Portugal?
Quando cá vieres avisa:P
su

Michel disse...

Muito obrigado, Susana!
Quero ir em breve, tenho muita vontade de fazer um som aí em Portugal!
Avisarei-te!!!
Abração e fique em contato,
Michel

mariana fonseca disse...

muito belo

:)

Michel disse...

obrigado, Mari!
Bjs,
Michel