sábado, 6 de novembro de 2010

Dicas - Acordes com cordas soltas (parte I)

Amigos,

Estou afim de disponibilizar aqui algumas dicas, coisas que considero úteis e/ou interessantes pra quem toca guitarra ou violão.

Começarei com acordes com cordas soltas em Db maior. Sendo mais preciso, o acorde é Db7M,9#,11#. E porque começar por este? Aí eu lanço outra pergunta: e porque não começar com este?

E quanto à muito provável pergunta "onde e quando usar?", apenas recomendo que assimile os acordes, memorize-os e deixe sua musicalidade te guiar. Quanto às escalas ou modos para improvisar sobre este acorde, experimente F menor harmônica (F 2 3b 4 5 6b 7M) e Bb menor melódica com a 4# (Bb 2 3b 4# 5 6 7M). Importante: as dicas aqui independem de estilo musical, rótulos etc. Música é música e quanto menos rótulos ou separações, melhor, né?

Legendas: o número que se lê no bracinho é o número da casa onde se toca o baixo do acorde. Bolinha vazia é a corda solta a ser tocada; bolinha cheia é a nota a ser pressionada e tocada; 'x' mostra as cordas que não precisam ser tocadas. O bracinho está representado com os bordões nas linhas superiores, portanto, ao olhar um acorde representado aqui é como se você o visse sendo tocado por alguém na sua frente ou num vídeo. Belê?

O primeiro acorde é este com as cordas G e E soltas. Ele pode ser tocado e soa bem nas duas oitavas nas quais está representado:

Os que seguem estão com o baixo na corda A e um tem a 5J, que dá um efeito no contexto, e o outro tem a 6M, que dá outro efeito, que eu até prefiro:

Estes dois próximos, separados por um garrancho, têm apenas uma corda solta, a nota E ou a 9# do acorde; um está com o baixo na corda A e o outro na corda E:

Este tem as duas cordas soltas, G e E, 11# e 9# respectivamente, mui bonito:

Este último dessa dica tem a tônica na corda D, e tem apenas 4 notas, mas também é bonito:


É isso por enquanto!

Tente fazer o mesmo em outros tons e outros tipos de acordes; coisas malucas e belíssimas aparecem!

Até as próximas dicas e os próximos sons por aí!

Abraço,
Michel

6 comentários:

Andre Goes disse...

Olá Michel, tudo bem?! Muito boa essas dicas, cada vez mais aprendo contigo. Você tem sido sempre um "canal" por onde a música passa. Deus o abençoe sempre! Abraços.

Michel disse...

Valeu, Andre!
Abração e muito som,
Michel

Fernando Aver disse...

Olá Michel, parabéns pela idéia das lições no blog,explorar sonoridades diferentes de acordes é sempre musicalmente muito legal. Abraço e saudações jazzísticas daqui do sul!!

Michel disse...

Obrigado, Fernando!
Abração e muito som!
Michel

Mário Moraes disse...

Fala Michel? Blz é o Mário....

Bicho....essa escala menor melóica com a 4# é bem legal, tem uma sonoridade da hora!!

Pô...possibilidades infinitas!!!

:-)

Anderson Oliveira disse...

Oi Michel...

Muito bom esse blog, eu estava andando atrás de um material que me ensinasse como fazer acordes mais leves com cordas soltas sem o peso das pestanas. Sons mais limpos e meus suaves.... Obrigado por essa humildade em compartilhar o conhecimento... Felicidades a você.