quarta-feira, 15 de abril de 2009

PRIMEIRA ERRATA DESTE BLOG

Queridos amigos, segue a primeira errata deste humilde blog:

Quando publiquei aqui o post "Virada Cultural (sic) 2009" indignado com a informação que recebera de uma produtora que, na ocasião, me levaria pela segunda vez à Virada Cultural, não percebi que havia recebido uma informação equivocada e ainda acabei passando-a à frente.

A história é a seguinte: depois de um primeiro contato dessa produtora, no qual eu era perguntado se gostaria de participar do evento novamente, logo chegou um segundo email por parte dela comunicando-me: "não haverá o palco instrumental na Virada; a Prefeitura alegou falta de verba".

E, fique registrado, no final das contas eu não fui contratado para tocar na Virada Cultural deste ano.

Intenções, estranhamentos e especulações à parte, atestei apenas hoje que a informação que recebi simplesmente não era verdadeira. Só que dei crédito a ela na ocasião e, como se isso não bastasse, ainda fiquei indignado com a Prefeitura (que injustiça com nosso Prefeito!) e publiquei um texto inflamado neste blog...

Bem, nada mais justo neste momento do que apagar o post, pedir desculpas a todos por não ter checado a informação e agradecer pelos comentários dos queridos amigos que foram solidários diante de minha indignação. Aproveito a ocasião para dizer que a participação de vocês é importantíssima e que vocês são muitíssimo bem-vindos, sempre.

De minha parte, mesmo diante de tal conflito de informações, continuo acreditando na capacidade evolutiva do ser humano, bem como em sua bondade, decência e dignidade intrínsecas.

Desejo a todos, então, uma boa Virada Cultural!

A "política do Pão e Circo" continua, e, sim, com um palco para a música instrumental,

Abraços,
Michel

23 comentários:

Davidson disse...

Relaxa MicheLL...apesar dos pesares, vc ainda é um dos principais guitarristas que leva a musica instrumental ao seu apogeau, pelo menos ao meu ponto de vista, e lhe admiro ainda mais pelas suas desculpas, o fato de voltar e se resplandecer com o fato ocorrido inequivocamente,tamo ai brow.

Sacha Band disse...

Michel querido bom dia
Nunca coloque nada antes de checar, não me refiro neste caso da prefeitura, mas em outra situação poderia ser algo a se voltar contra você. Cuidado.
Abraços saudosos
Sacha

Thiago Pinheiro disse...

Fala grande Michelzeira!

Tambem recebi essa informação, tambem fiquei indignado e tambem descobri que estava equivocada. Mas na verdade o pessoal esta confuso porque houve um corte abrupto de verba, e a organiação pensou em cortar esse palco. Pra vc ter uma idéia a verba deste ano é inferior a 1/4 da do ano passado. Outro detalhe, a autorização do padre nao saía para usar a area do Pateo do colégio.

Então a produtora nao agiu de ma fé, conheço o pessoal da virada e eles estão extremamente confusos.

Mas fique tranquilo rapah! Agora é fazer o som!

Heitor disse...

Tem que levar em conta que, apesar da notícia não ser verdadeira, não espantaria se fosse! Combina bem com um país que destina 0,4% do orçamento federal para a cultura, sendo que só os gastos com a câmara, ultrapassam 0,7%.
o papel higiênico do tipo mega-sedoso nos excelentíssimos ânus é mais importante que o acesso à educação à população e o fomentação de atividades culturais.

Michel, gosto muito dos seus discos! Você e Neruda são meus guias.

Michel disse...

Obrigado, Heitor, Thiago Pinheiro (concordo muitíssimo contigo), Davidson e Sacha!
Abraços a todos,
Michel

Amandette disse...

Michel,

A notícia que vc recebeu, pelo menos à ocasião, não foi anda equivocada: realmente, não ia acontecer palco instrumental, e era esta a informação que corria de boca em boca. Mas ele saiu, e até agora não entendi de que forma, quem fez e nem os critérios utilizados para escolher as atrações.
Uma pena, pois o formato do ano passado, mesmo com todas as trapalhadas de ordem técnica, era o mais coerente com o que se pretende na música instrumental pura, despida de quaisquer "mercadologismos": improvisação, nada de setlist marcado, nego saindo, nego entrando, interações inusitadas. Essa foi a graça e foi assim que vc e outros grandes ícones do instrumental brasileiro (pertencentes à vertentes diversas) tiverem a oportunidade de se apresentar a um público notadamente diferenciado do que a maioria que se encontrava nos outros palcos da Virada.

Corta-se verba, mas faz-se shows obviamente custosos (sem citar nomes, mas é facil entender de quem eu falo: basta pegar a programação do palco principal) e coloca-se um palco em pleno Largo do Arouche com as "estrelas" que minha vó adorava ver na Discoteca do Chacrinha.

Isso é mais do que pão e circo: é pão, circo, frango, farofa, e coca-cola sem gás.

Ana disse...

realmente lamentavel que exista coisas assim... É por isso que o Brasil ñ vai para a frente
Visite nosso site:
Sempre Mais estética
- http://www.sempremaisestetica.com;
e também
Sol viver piscinas
- http://www.solviverpiscinas.com.br

Eles foram desenvolvidos pela
Namp
- http://www.namp.com.br

Michel disse...

Obrigadíssimo Amand's e Ana!
Abraço,
Michel

Studio Brown disse...

Isto acontece as vezes, informações erradas, e acaba prejudicando muito a imagem de algumas pessoas que na maioria das vezes nem sabem do ocorrido. Quanto a falta de apoio político há uma grande razão para isto, não se investe em cultura neste país porque povo culto e bem informado é mais difícil de ser enganado.
Um abração
Cida Lisboa

Camilaaa Silva disse...

hahahahahahahhahahaaha...
muito engraçado!!!


mas ainda bem que foi só um engano!!

coitada da mãe do kassab...

Michel disse...

Obrigado, Cida!
E obrigado também para Camila: diante dos risos que esse post provocou em você eu penso que, de fato, o mais engraçado de tudo é que no primeiro contato eu estava na jogada; num segundo momento, não recebi nem a errata da informação de que não haveria palco instrumental e tão pouco um novo convite para participar...
Isto é muy engraçado!
Abraços,
Michel

Camila disse...

Verdade!!

mas eu entendi bem o que aconteceu... =D

não foi culpa sua... foi a produtora que vacilou...

Davidson disse...

MicheLLL, so acho que vc podia tcar mais Donna Lee nas apresentações,hahahaha, pode ser?

Coisas nossas disse...

querido, lamento muito que vc tenha apagado seu post pq ele estava muito bem escrito e eu particularmente concordo com tudo que vc disse antes, com sua tristeza e revolta. Eu ia fazer um link pro site do samba-choro, onde escrevo. Faço coro com todas as reclamações, e é óbvio que houve corta de verba, vc viu quantas atrações internacionais foram contratadas? Vc viu quantos figurões fizeram show? E a qualidade das atrações então? Achei uma merda, com raras exceções. E nós, músicos de SP que batalhamos diariamente pra sobreviver com boa música como sempre ficamos renegados. Acho que temos sim que nos manifestar. Veja a opinião do Giron sobre a Virada, achei que ele matou a pau: http://www.readmetro.com/show/en/MetroSaoPaulo/20090506/1/18/
meu texto aqui: http://www.samba-choro.com.br/noticias/arquivo/21569

É isso, querido. No mais, saudades. beijos da Roberta

Michel disse...

Roberta,
Muito obrigado pelas suas palavras, é importantíssimo o que você disse aqui.
Só apaguei o post porque lá estava dito que não haveria o palco instrumental, mas teve. Só que, de fato, não teve! Não do jeito que deve ser.
De minha parte, nem passei perto da tal Virada. Tenho consciência do engôdo que foi, a política do pão e circo sendo posta em prática da forma mais óbvia e escancarada.
E a matéria do Giron é exemplar. Quando ele fala sobre a miséria e o lixo, ele descreve o que a Prefeitura tem pra oferecer para os cidadãos de São Paulo.
Como você diz, somos músicos batalhando diariamente pra sobreviver fazendo boa música. Por isso digo que estamos e estaremos fora desse lixo e dessa miséria toda! Isso não é pra gente!
Que os produtorezinhos e seus respectivos casts dividam essa esmola que a Prefeitura joga no chão com desprezo - cachês piores do que os do ano passado, diga-se.
Façamos o nosso, inventemos eventos e lugares pra sair desse covil de hienas que se dilaceram entre si pela sopa de escárnio oferecida pela nossa Prefeitura.
O dia-a-dia fazendo música com essa motivação pura que é o amor pelo que fazemos e a pura necessidade de tocar é sinônimo de paz de espírito e evolução. Essa corja tem que nascer muitas vezes pra entender o que é isso...

Coisas nossas disse...

É, querido, deixa pra lá. Que bom que as pessoas conseguem ter senso crítico pra perceber o q está acontecendo.
beijo

Michel disse...

Valeu, Roberrrrta!
Bjs mil, muito som,
Michel

Artur disse...

Grande Rapaz!!!
Quanto tempo???
Cara passa tempo, vem tempo e o BraZil continua a mesma palhaçada. E o grande problema é que ainda existem (pior que sempre existiram) pessoas que aplaudem, concordam, puxam o saco e se matam para pegar uma boquinha com politicos safados. E quem paga o pato? Nos.
Fazer o que? enquanto a população na suma maioria, tirando alguns gatos pingados como nós, o pão e o circo vão continuar e se a música melhorar sempre terá o jogo da Seleção Brasileira de Futebol....rsss

Abraços

Artur

Michel disse...

Valeu, Artur!
Insisto: criemos espaços pra tocar! Quero tocar onde for, mas que seja onde a música possa realmente acontecer.
Esse é o melhor jeito de ficar livre dessa sujeirada toda: Tocando!
Abraço,
Michel

Anônimo disse...

[url=http://buyviagrapremiumpharmacy.com/#jwacd]buy viagra online[/url] - buy viagra , http://buyviagrapremiumpharmacy.com/#bwsbd generic viagra

Anônimo disse...

[url=http://buycialispremiumpharmacy.com/#jdvuz]buy cheap cialis[/url] - generic cialis , http://buycialispremiumpharmacy.com/#mpxyp generic cialis

Anônimo disse...

[url=http://buyonlineaccutanenow.com/#cweii]buy accutane online[/url] - buy generic accutane , http://buyonlineaccutanenow.com/#ymlyv buy accutane online

Anônimo disse...

[url=http://buyonlineaccutaneone.com/#jxhjw]accutane 5 mg[/url] - buy cheap accutane , http://buyonlineaccutaneone.com/#agune order accutane