sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Uma reflexão

Não julgue,
Apenas toque!

Não traga idéias pré-concebidas,
Apenas ouça e toque!

Feche os olhos e entre na música;
Ouça o que o Divino está tentando lhe dizer.

As regras, os medos, o orgulho, o egocentrismo e os preconceitos ficaram, todos, esquecidos (oportunamente) no porta-luvas do carro ou na gaveta das meias... Agora use a sua intuição, é ela que o guiará para o melhor.

Jamais dê asas ao pensamento inútil e ilusório "estão analisando, julgando ou reprovando o que estou tocando". Quem julga, analisa ou reprova, não está tocando - e não toca!

Agradeça a oportunidade que o Universo (Deus, a Vida ou qualquer outra denominação que você goste) lhe dá ao permitir, generosamente, que você TOQUE. Que dádiva!

Faça parte da Música; entre na corrente do som e das idéias do momento. Deixe-se levar porque a Música é Divina; é como se fosse uma mãe, uma Divina Mãe - por isso, podemos confiar totalmente nela, sempre.

O Indizível se manifesta como Som; o Divino que está em ti quer se manifestar, fazendo-te instrumento da Música, do Amor e da Paz; é possível transformar, curar, alegrar e abençoar: TOCANDO!

Que possamos fazer valer essas palavras no nosso dia-a-dia.
Um abração,
Michel

14 comentários:

Artur disse...

Grande Michel!

Que texto hein! Tava realmente inspirado, espero que não fique chateado, mas tive que por teu texto no meu blog, não tem um assunto especifico vou postando a medida que vejo coisas interessantes, também não sei se alguém lê...rsss
Bom se quiser dar uma olhada:
http://blogdohighlordlalasouartur.blogspot.com/

Valeu

obs: Muito bacana o "LIBRA" da Rotstage, agora quero testa-lo para ver no que dá, mas parabéns pelo trabalho e espero que continue fazendo cada vez mais apresentações na TV Cia da música e olha que dava pra fazer um programa de uma hora e meia...

VALEU

Michel disse...

Obrigado, Artur.

Tento utilizar meu blog de várias maneiras: divulgando novidades, escrevendo coisas pra levantar questionamentos, relato sons que fiz pro pessoal ficar sabendo das minhas impressões, enfim, procuro variar.

Nesse post escrevi o que estava sentindo no momento, lembrando dum som que rolou na quinta-feira passada no Tupinikin em Santo André.

Espero que sirva para quem ama tocar música.

E obrigado por re-publicar no seu blog.

Abração,
Michel

Magnum Opus disse...

Gostei do texto. Na verdade serve para qualquer área da nossa vida...
abraços!

Michel disse...

Muito obrigado, Denis!
Obrigado por ler e por postar.
Abração,
Michel

Bruno zl disse...

Mestre Michel...sempre quebrando tudo nos textos e bate-papos...o mundo seria um lugar melhor se todos tivessem essa autenticidade e sinceridade nas palavras...

Abração,
Bruno Cabelo hehehe

Michel disse...

Valeu por postar e ter ido ao workshop no sábado, Bruno!
Abração e muito som,
Michel

Musicalizando o Brasil disse...

Olá Michel, blz? Cara...parabéns pelo texto viu? Assim como na sua música, você também foi iluminado para escrever este texto viu? Parabéns!!!

Michel disse...

Obrigado!!!!
Valeu por ler e postar, abração!
Michel

Anônimo disse...

Muito obrigado Michel!!

Não é à toa que você é capaz de fazer uma música tão maravilhosa.

Você é um baú de tesouros: mente e coração brilhantes !

Michel disse...

Obrigado, anônimo!
Abraço e muito som!
Michel

Anônimo disse...

Oi Michel, interessante o texto...mas eu gostaria de elogia-lo pelo conjunto: pelo o que você toca e pelas opiniões que emite, sempre muito pertinentes. Em um mundo onde todos gostam de aparecer, principalmente no mundo dos músicos (guitarristas então...), você é um cara que traz luz...procura valorizar o que é importante neste mundo de valores invertidos...
Rafael

Anônimo disse...

Oi Michel, interessante o texto...mas eu gostaria de elogia-lo pelo conjunto: pelo o que você toca e pelas opiniões que emite, sempre muito pertinentes. Em um mundo onde todos gostam de aparecer, principalmente no mundo dos músicos (guitarristas então...), você é um cara que traz luz...procura valorizar o que é importante neste mundo de valores invertidos...
Rafael

Michel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Michel disse...

Muito obrigado, Rafael.
Fiquemos em contato.
Abração e muito som,
Michel