domingo, 27 de maio de 2007

ABOMINAÇÕES CORPORATIVISTAS

Eu e minha esposa decidimos trocar de empresa de tv a cabo e internet. Fui para a TVA há alguns anos, depois de ter sido pessimamente atendido na NET, que mudou a regra no meio do jogo e nem se esforçou para tentar recuperar um cliente. Mas, enfim, ela falou com a NET novamente e fez um acordo que estipulava uma quantia mensal referente a um número 'x' de canais (como todos os HBO e Telecine, por exemplo) mais a internet de 2MB.
Depois de tudo instalado, surpresa: alguns canais da HBO e Telecine estavam bloqueados!

Ligamos imediatamente pra saber o porquê deles não cumprirem o trato logo de saída. A atendente disse que o pacote não incluía alguns canais; ou seja, disse o contrário do que foi combinado no ato da contratação do serviço.
Com a escrotidão declarada por parte da empresa, decidi, então, cancelar a NET e continuar com a TVA.
Minha esposa ligou para a NET e, a cada tentativa de cancelamento, pediam para aguardar na linha. E, depois de longos minutos de espera, cortavam a ligação.
Isso aconteceu por cinco vezes.
Na sexta vez, minha esposa se dirigiu calmamente à atendente, explicando todo o ocorrido e pediu para que ela não desligasse a linha e, ainda, que não praticasse a tortura de pedir para aguardar na linha por várias e várias vezes sem um motivo plausível. Não adiantou, claro!

A mocinha fez várias pausas inúteis na ligação e, depois de quase uma hora, eu tive (por exigência dela) que entrar na ligação pra passar o meu número de CPF - sendo que, para contratar o serviço, eu não precisei fazer nada disso, minha esposa fez tudo sozinha. A esta altura, minha esposa já estava muito nervosa; a tática desprezível da empresa de tentar irritar ao máximo o usuário que pede o cancelamento estava dando certo...
Só nos cinco minutos em que participei da ligação só para passar um número de CPF, a atendente me pediu pra aguardar umas cinco vezes. E, claro, para nada. Tanto é que, enquanto eu estava na espera, eu a chamava e ela voltava rapidamente pra a ligação, sempre com o cínico "obrigada por aguardar", mas sem nenhum argumento convincente que justificasse a pausa odiosa. Depois de comunicar a criatura que eu já havia passado o número de meu CPF e que ela teve tempo suficiente para anotá-lo, saí da ligação e voltei ao trabalho, já que estava em aula na EM&T.
Depois disso, minha esposa me contou que ficou mais trinta minutos para conseguir o cancelamento do serviço.

Abominável! Revoltante!

Para ter acesso a serviços básicos, infelizmente, dependemos desse tipo de gente. E não há sinais de melhora! Fale com qualquer um que tenha solicitado serviço semelhante; você ouvirá histórias como essa, ou piores...
Para encerrar o assunto, eu gostaria de mandar um recado para quem faz (ou manda fazer) esse joguinho imundo na empresa NET de TV a Cabo:

Espero que fiquem felizes no final de cada mês contando centavos ganhos com esqueminhas espúrios. E espero que se sintam muito bem tratando mal as pessoas como modo de ganhar a vida. Só não se esqueçam de uma coisa: cada um vai colher aquilo que plantou.

Tenham uma boa sorte!

Michel Leme

3 comentários:

Carneiro disse...

Fala ae Michel

Putcha que la merda! Não faz nem dois meses que contratei a NET! JESUS!!!
Vira e mexe fico sem a internet e o telefone fica mudo! Já estou tremendo na base!
A Lu ta no pedaço! voltou da Bahia pra passar alguns dias!
A danada tá grávida! Tá chegando meu sobrinho! hehehe
É isso ai, passei pra deixar um abraço!

Carlitos

Michel disse...

Valeu, Charles!
Manda um beijo pra todo mundo.
Apareça!
Abraço,
Michel

Alexander Pindarov disse...

Michel,
Parece q a coisa está realmente ficando pior. Acho q é melhor (sei q tanto vc como tua esposa irão perder precioso tempo) mas escreva pro estadao, vá ao procon pq esse tipo de atendimento parece ser a rotina. Eu no RJ passei por coisa parecida e tive q usar este expediente !
[]s